Linha do tempo

Completando 50 anos em 2017, o CORALUSP traz, em sua linha do tempo, alguns dos acontecimentos que marcaram a sua história ao longo dessas cinco décadas de existência.

  • 1967

    O começo

    O começo
    • Nasce o CORALUSP, por iniciativa do maestro Benito Juarez e José Luiz Visconti, reunindo estudantes da Escola Politécnica e da Escola de Enfermagem.
    • Inicialmente, foi intitulado "Coral Universitário Poli-Enfermagem".
    • Primeiro ensaio: dia 3 de junho, e sua primeira apresentação, três meses depois, quando contou com músicas como "Minha Namorada", de Carlos Lyra e Vinicius de Moraes,  “Procissão”, de Gilberto Gil, “Aroeira”, de Geraldo Vandré, “Xangô”, de Heitor Villa-Lobos e "Triste España sin Ventura", de Juan Del Encina.
    • Em novembro do mesmo ano, passou a ser chamado de "Coral Universidade de São Paulo"
  • 1968

    Gravação

    Gravação

    Gravação de compacto duplo "Música Popular Brasileira", uma produção do CORALUSP e do Grêmio Politécnico (direção de José Luiz Visconti), com canções da MPB, em arranjos de Damiano Cozzella: Tributo a Martin Luther King (Simonal e Boscoli), Aroeira (Geraldo Vandré), Roda Viva (Chico Buarque) e Suíte dos Pescadores (Dorival Caymmi).

  • 1969

    Primeira premiação

    Primeira premiação

    *"Marronzinho", novo uniforme (1969 - 1972)

    • Pela primeira vez, o CORALUSP vence o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) como o Melhor Conjunto Vocal do Estado.
    • Apresenta-se, pela primeira vez, no Theatro Municipal de São Paulo, no dia 29 de novembro, em recital a capella, com repertório erudito e popular.
    • Exibição do Coral no Canal 13, programa de TV. 
  • 1970

    Expandindo-se pela comunidade

    Expandindo-se pela comunidade

    *Apresentação na USP

    • Realiza apresentações pela Universidade de São Paulo, no Theatro Municipal de São Paulo, em praças públicas, faculdades e colégios. Isso despertou o desejo de ampliar ainda mais o coral para a comunidade em geral.
    • Participação na mostra competitiva do "I Festival Pan-Americano de Coros" e "2º Festival Nacional de Coros", em Porto Alegre e na Universidade Federal de Santa Maria.
    • Apresentação no CEAGESP, junto a músicos da Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo.  
  • 1971

    Reconhecimento dentro e fora de casa

    Reconhecimento dentro e fora de casa
    • Em 17/03, mediante portaria do Magnífico Reitor Prof. Dr. Miguel Reale: "...fica criado, junto à Difusão Cultural da Reitoria, o Coral da Universidade de São Paulo". 
    • Apresenta-se em eventos como no "5° Festival de Inverno de Ouro Preto", em Minas Gerais; no "Festival de Inverno de Campos do Jordão"; e no "Concerto Anchieta", promovido pela TV 2 - Cultura.
    • O CORALUSP é escolhido por uma comissão de regentes norte-americanos para representar o Brasil no "III Festival Internacional de Coros do Lincoln Center", em Nova York.
  • 1972

    Saindo de casa

    Saindo de casa

    *Apresentação no Lincoln Center, Nova York

    Viagem de quase 1 mês aos EUA, para o  III Festival Internacional de Coros Lincoln Center, apresentando-se em Nova York (Lincoln Center), Washington (Casa Branca) e em escolas e universidades nos estados americanos de Massachussets, New Hampshire, Vermont, Virgínia e Maryland. Considerado pelo New York Times o favorito do público, o coral é convidado para uma turnê pela Europa no ano seguinte.

  • 1973

    Embarcando no Velho Mundo

    Embarcando no Velho Mundo
    • O CORALUSP sai em turnê pela Europa, passando por 13 países, entre os quais: Inglaterra, Portugal, Alemanha, Itália, Sérvia e Bélgica.
    • Maestro Benito Juarez é premiado pela APCA como o melhor regente do Estado.

     

  • 1974

    Atraindo gente

    Atraindo gente

    *Colombo, de Carlos Gomes ("amarelo ictericia"...)

    • Lançamento da campanha no campus para a formação da Banda de Música e do "Coral Crioulo".
    • Apresentação por ocasião da "Primeira Bienal Internacional de Música", promovida pelo Departamento de Música da ECA/USP. Além da gravação de LP selo Marcus Pereira, no Estúdio Eldorado, com música coral de várias épocas e música brasileira. 
  • 1975

    Um passo adiante

    Um passo adiante

    *Apresentação do "Messias", no Theatro Municipal de São Paulo

    • Vinculação à Coordenadoria de Atividades Culturais - COCAC/USP.
    • Benito Juarez recebe o Grande Prêmio da Crítica, outorgado pela APCA, pelo trabalho desenvolvido junto ao CORALUSP e Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.
    • Criação da Banda de Música (1975-1976), sob regência do Maestro Carlos Veiga e do Coral Crioulo (1975-1976), sob a regência do Maestro Baltazar Balduino.
  • 1976

    De olho na TV e no teatro

    De olho na TV e no teatro

    Participação no programa da TV Tupi "Brasil Som 76".

  • 1977

    CORALUSP cresce

    CORALUSP cresce
    • Criação do CORALUSP Vozes Femininas (1977-1978), sob a regência de Helena Maria Starzynski.
    • Participação na montagem cênica da ópera "A Noite do Castelo", de Carlos Gomes (em Campinas), junto ao Coral Unicamp e Orquestra Sinfônica de Campinas. 
  • 1978

    A história vai aumentando

    A história vai aumentando
    • Criação do Grupo Meio-Dia, sob a regência de Oswaldo Sperandio Jr. e Eduardo Cruz Navega.
    • "Missa em Si Menor", de J.S. Bach, junto ao Coral Unicamp e CUCA (Coral de Universitários da Católica), com a Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas e solistas vocais. 
  • 1979

    Continente africano

    Continente africano

    Grupo Tarde. Regente: Helena Starzynsk

    • Criação do Grupo Tarde, sob a regência de Helena Maria Starzynski, e Paula Monteiro e Regina Shimizu (regentes auxiliares).
    • Excursão por 4 países do continente africano (Costa do Marfim, Togo, Gana e Nigéria), apresentando-se em universidades e teatros das cidades de Abdijan, Lomé, Accra, Lagos e Ifê, em missão cultural da USP junto a países do continente africano. 
  • 1980

    Expansão

    Expansão
    • CORALUSP cresce e abre as portas para a comunidade externa.
    • São fundados novos grupos, como Coral Noite, com Eduardo Cruz Navega; Coral Tarde, com Helena Starzynski; Coral Beijo, com Tiago Pinheiro; e XI de Agosto, com Eduardo Fernandes; Indaka, com Tiago Pinheiro. 
    • "I Semana do Canto Coral" - evento anual com oito edições consecutivas.
  • 1982

    Os grupos não param

    Os grupos não param

    *Grupo Meio-Dia. Regente Mara Campos, no 2° Encontro Nacional de Corais Universitários, julho de 1982, PR. 

    • Criação do Grupo Fim de Semana, sob a regência de Paula Christina Monteiro.
    • Apresentações do Grupo Noite no "1° Encontro de Coros das Universidades Estaduais Paulistas". 
  • 1986

    Mais prêmios e grupos

    Mais prêmios e grupos

    *Grupo Indaka - 12 de abril de 1986

    • Pela terceira vez, a APCA reconhece o trabalho do CORALUSP, com o prêmio de melhor coral.
    • Helena Starzynski foi premiada como a melhor regente.
    • Vinculação do "Coral Acadêmico XI de Agosto" ao CORALUSP.
    • Criação do Grupo Abaporu (1987-1989), sob a regência de Alberto Cunha. 
  • 1988

    Carnavais

    Carnavais
    • Obra “Carnavais” é composta por Damiano Cozzella, Almeida Prado e Francis Hime , com texto de Geraldo Carneiro para CORALUSP e Orquestra Sinfônica de Campinas. 
    • Participação na abertura da solenidade da SBPC, no Teatro Sérgio Cardoso. Regente: Tiago Pinheiro.
    • Inauguração da Praça Cláudio Abramo, em homenagem ao jornalista falecido. Regente: Benito Juarez.
    • Participação da comemoração do Dia da Justiça, com tema "A Justiça como Instrumento de Paz". Local: Salão Nobre da Faculdade de Direito da USP.   
  • 1989

    PRCEU/USP e mais participações

    PRCEU/USP e mais participações

    *Madrigal dos Regentes no Programa da Hebe 

    • Vinculação à Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária - PRCEU/USP.
    • Grupo Tarde encena "A Noiva do Condutor", opereta radiofônica de Noel Rosa, em São Carlos (Teatro Municipal), Campinas (Teatro do Centro de Convivência) e São Paulo (MASP). Regente: Marcia Hentschel.
    • Gravação para o programa "Primeiro Movimento" (RTC). Regentes: Alberto Cunha, Eduardo Fernandes e Roberto Rodrigues.
    • Participação no "Programa da Hebe", no SBT. Madrigal dos Regentes. Regente: Benito Juarez.
    • Participação em concerto da OSUSP, com a obra "Missa Dilígite", de Camargo Guarnieri. 
  • 1990

    Prêmio Concorrência Fiat

    Prêmio Concorrência Fiat

    *Grupo Beijo

    • Grupo Beijo ganha o Prêmio Concorrência Fiat. Temporada no Teatro Crowne Plaza.
    • Encontro de Corais no Centro Cultural São Paulo, com a participação dos Grupos Zimana, XI de Agosto e Tarde.
    • Chegada do diretor teatral Reynaldo Puebla consolida experiências cênicas do CORAL, iniciadas em anos anteriores.
  • 1991

    Gravação do CD "Beijo"

    Gravação do CD

    *Grupo Beijo com Gilberto Gil e Carlinhos Brown

    • Gravação do CD "Beijo", pelo selo Camerati, com repertório de MPB. Regente: Tiago Pinheiro. 
    • Participação do Grupo Beijo em show do cantor Gilberto Gil e Banda, junto à Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas. Local: Ginásio da Unicamp. Regente: Benito Juarez.
    • Temporada do Grupo Beijo no TUSP, Instituto Goethe, Teatro Mambembe, Teatro Cacilda Becker; Teatro Sérgio Cardoso (Show no Prêmio Líbero Badaró de Jornalismo, da Revista Imprensa), participação no XXII Festival de Inverno de Campos de Jordão (Auditório Cláudio Santoro); participação no "Programa do Jô". Regente: Tiago Pinheiro. 
    • Gravação do Programa "Primeiro Movimento" (TV Cultura) -  Grupos Indaka, Tarde, Zimana e XI de Agosto.
  • 1994

    22ª Bienal de São Paulo e aniversário de SP

    22ª Bienal de São Paulo e aniversário de SP
    • Participação em evento na 22ª Bienal de São Paulo, em homenagem a Gilberto Mendes. Regente: Marcia Hentschel.
    • Participação em missa solene comemorativa ao 440° aniversário da fundação de São Paulo. Regente: Roberto Rodrigues.
    • Participação na Campanha Nacional da Anistia Internacional. Regente: Roberto Rodrigues.
    • Grupo Beijo participa como convidado de honra no "VI Encuentro Internacional de Coros Cantapueblo", em Mendoza. Regente: Tiago Pinheiro. 
  • 1995

    Sempre em contato com a comunidade

    Sempre em contato com a comunidade

    *Grupo Indaka. Regente Roberto Rodrigues. Local: Theatro Municipal de São Paulo; 13 de maio de 1995.

    • Organização e produção de programação de concertos e workshops abertos à comunidade, em visita da mezzo-soprano russo-italiana Sofia Mukhametova, a convite da Universidade. Local: sede do CORALUSP, Anfiteatro Camargo Guarnieri e igreja da Paz.
    • Participação no evento "Homenagem aos Desaparecidos Políticos", na Faculdade de Direito do Largo São Francisco. 
    • Apresentação no Gabinete do Reitor/USP por ocasião da visita oficial do presidente do Uruguai, Julio Maria Sanguinetti, sob a regência de Marcia Hentschel; na abertura oficial da "Rememoração dos 300 anos de Zumbi dos Palmares", sob a regência de Eduardo Fernandes.
    • "Concerto pela Paz": Homenagem da USP aos 50 anos da ONU, apresentando as obras "Carmina Burana", de Carl Orff, e "Dona Nobis Pacem" (in "Missa Afro-Brasileira"), de Carlos Alberto Pinto Fonseca. Participação do Coral Infantil Eco e solistas vocais. Local: Theatro Municipal de São Paulo.
  • 1996

    Visita do Secretário Geral da ONU

    Visita do Secretário Geral da ONU

    *Grupo XI de Agosto. Regente: Eduardo Fernandes. Museu Paulista.

    • Apresentação na Sala do Conselho Universitário da USP, por ocasião da visita do Secretário Geral da ONU: Boutros Boutros-Ghali. Regente: Benito Juarez.
    • Participação em missa solene comemorativa ao 442° aniversário da fundação de São Paulo. Local: Pátio do Colégio. Regente: Roberto Rodrigues.
    • Temporada de Concertos dos projetos "Língua", "Cem Anos de Cinema", "Missa Pange Lingua", sob a regência de Roberto Rodrigues, Eduardo Fernandes e Alberto Cunha, respectivamente. 
  • 1999

    Prêmio Carlos Gomes

    Prêmio Carlos Gomes

    *Réquiem de Mozart, junto à Orquestra Sinfônica de Campinas, na Sala São Paulo  

    • Indicado ao "Prêmio Carlos Gomes", pela Comissão de Música da Secretaria de Estado da Cultura, na categoria "Universo dos Corais".  
    • Gravação do CD "Música Antiga Portuguesa", produzida no CORALUSP, a ser lançado pelas comemorações dos 500 anos do descobrimento do Brasil. Regente: Alberto Cunha.
    • Concertos pelo programa "Ponto e Contraponto", da Prefeitura Municipal de São Paulo, nos teatros Paulo Eiró e Arthur de Azevedo.
    • Ensaio aberto da obra coral sinfônica "Te Deum", de A. Dvórak. Local: Sociedade Esportiva Palmeiras. Regente: Benito Juarez

     

  • 2000

    Homenageando os ícones

    Homenageando os ícones

    Grupo XI de Agosto; regente Eduardo Fernandes 

    • "Missa em Lá Maior", de J. S. Bach, junto à Orquestra Sinfônica de Campinas e solistas vocais. Locais: Sala São Paulo, Teatro Polytheama (Jundiaí) e Teatro do Centro de Convivência Cultural (Campinas). Regente: Benito Juarez.
    • "Mostra 2000" - apresentações conjuntas dos grupos do CORALUSP no Anfiteatro Camargo Guarnieri e no Theatro São Pedro. 
  • 2005

    Participações e parcerias

    Participações e parcerias
    • "O Passarinho da Praça da Matriz", Fantasia para Banda Sinfônica e Coro, de Edmundo Villani-Côrtes, e canções natalinas, como "Natal", de Tom Zé, "Anoiteceu", de Assis Valente, entre outras melodias tradicionais, com transcrição de Damiano Cozzella, junto à Sinfônica do Exército Brasileiro. Local: Memorial da América Latina. Regente: Benito Juarez.
  • 2008

    Tradição do Festival CORALUSP

    Tradição do Festival CORALUSP
  • 2009

    Regimento Interno do Coral Universidade de São Paulo

    • 2009 - O CORALUSP passa a responder segundo o disposto no "Regimento Interno do Coral Universidade de São Paulo".
    • 2009 - "Colóquio Internacional: Ciências da Linguagem e Didática das Línguas: 30 Anos de Cooperação Franco-brasileira"- FFLCH/USP. Regente: Marcia Hentschel. 
  • 2010

    Festival CORALUSP 2010

    Festival CORALUSP 2010
  • 2011

    Música Coral Brasileira

    Música Coral Brasileira
    • Gravação do CD "Música Coral Brasileira - CORALUSP", produção CORALUSP E PRCEU/USP. Regente: Alberto Cunha. 
    • Participação na "16a. Semana de Arte e Cultura".
  • 2013

    Candide

    Candide

    Opereta "Candide"

    • Opereta "Candide", de Leonard Bernstein, em versão de concerto, com a participação do Coro Jovem Sinfônico de São José dos Campos, Coral Municipal da Cidade de Santo André e solistas convidados, junto à Orquestra Sinfônica da USP. Local: Sala São Paulo. Regente: Ricardo Bologna.
  • 2014

    Movimentando-se

    Movimentando-se

    Projeto "Revoada"; Alma de Gato 

    • Projeto Revoada, com apresentações dos alunos da orientadora de técnica-vocal Carmina Juarez. Local: Teatro NEXT. 
    • Participação no programa "Santa Receita", na TV Aparecida. Regente: Marcia Hentschel. 
    • "Flashmob" no Mercado Municipal, com todos os grupos do CORALUSP.
  • 2015

    Tributo a Inesita Barroso

    Tributo a Inesita Barroso
    • Participação em Especial da TV Cultura, ao lado de vários artistas, em tributo a Inesita Barroso, gravado na Sala São Paulo. Regente: Marcia Hentschel. 
    • Homenagem póstuma por um ano de falecimento da Maestrina Sandra Espiresz, em concertos realizados pelo Grupo Sestina e Grupo Jupará , sob a regência de Marcia Hentschel e Alberto Cunha, realizados respectivamente na Fundação Maria Luiza e Oscar Americano e na Congregação Evangélica Luterana Concórdia. Participação do grupo Antigo Tainá, sob a regência de Vera Novak E Guilherme Bracco. 
  • 2016

    Misatango

    Misatango

    *CORALUSP e OSUSP na Sala São Paulo

    • "Misatango", de Martín Palmieri, com o Grupo Sestina e OSUSP (seção de cordas). Local: Igreja da Paz. Regentes: Marcia Hentschel e Martín Palmieri.
    • Projeto "Circle Songs" (Cantos Circulares), da orientadora vocal Beth Amin, com workshop ministrado por Jasha Hoffman e Zuza Gonçalves. Local: EAD/ECA/USP. 
  • 2017

    50 anos

    50 anos
    • CORALUSP se apresenta no Programa Todo Seu, da TV Gazeta 
  • 21/06/2017

    Prêmio Colar Guilherme de Almeida

    Prêmio Colar Guilherme de Almeida

    No dia 21 de junho de 2017, o CORALUSP recebeu o Prêmio Colar Guilherme de Almeida. O evento aconteceu na Câmara Municipal de São Paulo, que é a responsável pela premiação. 

    Na cerimônia, foram homenageados nove pessoas físicas e/ou jurídicas, que tenham prestado colaborações valiosas para a literatura, cinema, teatro, música, artes plásticas e outras formas artísticas que valorizem e preservem a história da cidade de São Paulo.

    Também foram homenageados a escritora Lygia Fagundes Telles; o maestro Júlio Medaglia; o presidente da Sociedade de Veteranos de 1932, coronel Mário Fonseca Ventura; o advogado e pedagogo José Carlos de Barros Lima; o docente titular do Museu Paulista, Jorge Pimentel Cintra; o sociólogo José de Souza Martins; e a Pró-TV, entidade fundada em 1955 pela atriz Vida Alves juntamente com a Associação de Pioneiros da TV.