Conheça os grupos do CORALUSP

 CORALUSP 12 EM PONTO

10
Foto: Júlia Montesanti

A palo seco

Em 2020, o CORALUSP 12 em ponto apresentará “A palo seco”, repertório composto por canções de compositores nordestinos de várias épocas e estilos, como Alceu Valença, Belchior, Caetano Veloso, Chico César, Dominguinhos, Gilberto Gil, Luiz Gonzaga, entre outros. Assim, oferece ao público a oportunidade de conhecer um amplo painel da música desenvolvida no nordeste brasileiro, que tem importância fundamental na MPB. 

Regente: Eduardo Fernandes

Ensaios: Anfiteatro Camargo Guarnieri – Cidade Universitária Rua do Anfiteatro, 109 – Butantã | segundas e quartas das 12h às 14h

 

CORALUSP ANDANTE

Foto: Júlia Montesanti
Foto: Júlia Montesanti

Em 2020 o CORALUSP Andante irá trabalhar três programas distintos: Canção Brasileira, Fiori d’Italia e Eclético. Os programas serão integrados para todos os grupos.

Canção Brasileira

O programa Canção Brasileira visita o rico e vasto território da música popular em nosso país, desde a conexão com suas raízes indígena, africanas e europeias até a pluralidade e resistência cultural em nossa era cibernética. Clássicos como Expresso 2222, Ponteio e Vaca Profana conversam com a produção de jovens compositores como Josyara, Luciano Cossina e Negro Léo.

Fiori D’Itália

O programa Fiori d’Italia (flores da Italia) tem como eixo o conjunto de obras renascentistas Vilotte del fiore, do renascimento italiano. Madrigais e canzonettas de compositores fundamentais para a história da música como Giovanni Pierluigi da Palestrina, Orlando Di Lasso e Cláudio Monteverdi compõem o restante do repertório. O objetivo central deste trabalho é possibilitar a  prática da técnica vocal aliada à simplicidade canora do idioma italiano.

Eclético

O programa eclético visa completar as visões oferecidas pelos dois outros a serem realizados pelo Andante em 2020. Negro Spiritual, música japonesa, africana, romantismo alemão, canções populares francesas e italianas, rock e reggae são algumas das vertentes abordadas a fim de oferecer ao cantor e ao público uma ideia das múltiplas possibilidades do canto coletivo.

Regente: Tiago Pinheiro

Ensaios: Anfiteatro Camargo Guarnieri – Cidade Universitária Rua do Anfiteatro, 109 – Butantã | Andante X (Oficina): terças das 10h30 às 13h30 / Andante Y: quintas das 14h00 às 16h00 / Andante Z: quintas das 17h às 20h.

 

CORALUSP AZUL

azul

Azul, presente!

O projeto “Azul, presente!!!” resgata músicas desenvolvidas ao longo dos 23 anos de atividades do Grupo Azul e que fazem parte do seu momento atual. O repertório é muito divertido e abrange temas variados como spirituals, frevos, sambas, rock nacional e internacional (Raul Seixas, Skank, Rita Lee, Beatles, Elton John, Queen, Kiss, Foo Fighters, entre outros), Cantata Brasileira, e o projeto em que o Azul atuará como convidado da Orquestra Sinfônica de Campinas e da Banda Sinfônica do Exército, a obra Carmina Burana, de Carl Orff.

Ensaios: Favo 17 – Cidade Universitária, Rua do Anfiteatro, 181 – Butantã | Azul dia: terças e quintas das 12h às 14h / Azul noite: segundas quartas das 20h às 22h e sábados das 15h às 18h30

Regente: André Juarez

 

CORALUSP DONA YAYÁ

yaya
Foto: Raquel Siphone

Agora!

Para o ano de 2020 o CORALUSP Dona Yayá propõe o projeto “AGORA!” – Vozes recentes de São Paulo, uma continuação da proposta anterior, porém cujo recorte de pesquisa de repertório e elaboração de arranjos será a produção de canções de música popular produzidas nos últimos anos na cidade de São Paulo, os compositores (as) e suas canções produzidas recentemente.

Regente: Mauro Aulicino

Ensaios: Casa de Dona Yayá – Rua Major Diogo, 353 – Bixiga | terças-feiras: ensaio de naipes (um ensaio de naipe por mês) das 19h30 às 21:30 e quintas-feiras: ensaio geral das 19h às 22h

 

CORALUSP FEMININO

feminino
Foto: Júlia Montesanti

Mulheres na música

Desde que as obras musicais começaram a ser registradas, se tem conhecimento de compositoras. Muitas não são famosas, como Barbara Strozzi, Amy Beach ou Ethel Smyth, mas há outras como Clara Schumann, Chiquinha Gonzaga ou Dolores Duran, que, num universo musical muito mais masculino que feminino, ficam em segundo plano nos repertórios de grupos musicais, em especial no de coros.

Em virtude disso, em 2020 o CORALUSP Feminino fará um programa de obras de um universo feminino, com peças compostas por mulheres e outras, também, que remetam à mulher.

Regente: Paula Christina Monteiro

Ensaios: ICB IV – Cidade Universitária, Av. Prof. Lineu Prestes, 1730 – Butantã | segundas das 18h30 às 20h00. Primeira segunda feira do mês para sopranos, 2ª segunda feira mês para mezzos e 3ª segunda do mês para contraltos; terças das 18 às 20h30 para todas as vozes. 

CORALUSP GRUPO ESPECIAL

alienista

O Alienista

O objetivo deste projeto é apresentar ao público, através da adaptação cênica de um texto de destaque de um dos maiores nomes da literatura do Brasil, um repertório constituído basicamente de composições corais a cappella, incluindo prioritariamente obras de compositores brasileiros. No programa “O Alienista”, o CORALUSP apresenta obra inspirada no conto de mesmo nome de Machado de Assis (1839 – 1908), jornalista, contista, cronista, romancista, poeta e teatrólogo precursor do realismo brasileiro e fundador e presidente da Academia Brasileira de Letras. O espetáculo tem a história do alienista como espinha dorsal para falar da diversidade da sociedade brasileira, suas crenças, seus costumes e suas heranças sociais e políticas. Entre as peças a serem apresentadas no espetáculo incluem-se marchinhas de carnaval, músicas religiosas plurais, composições de grandes nomes da música clássica brasileira como Heitor Villa-Lobos e de movimentos como MPB e Tropicália (Chico Buarque, Gilberto Gil, Arnaldo Baptista, entre outros).

Regente: Marcia Hentschel

Ensaios: Cidade Universitária – local a definir | sextas das 15h às 18h

CORALUSP JUPARÁ

jupara
Foto: Júlia Montesanti

De Corpo e Alma

Atualmente, o CORALUSP Jupará trabalha o programa “De corpo e alma”. A proposta deste projeto é apresentar obras corais de temática sacra e secular de diferentes períodos históricos, mas com ênfase no repertório renascentista e barroco. Dentro desse universo, é natural a recorrência de compositores como Orlando di Lasso, Clément Janequin, Claudio Monteverdi e Henry Purcell, que souberam explorar com excelência toda a expressividade e os variados matizes da música vocal. As obras desses períodos se adequam perfeitamente ao perfil de coro de câmara do Grupo Jupará. Paralelamente, o programa visita também a produção coral do século vinte, uma época extremamente rica em ideias originais e concepções estéticas ousadas.

Regente: Alberto Cunha

Ensaios: Favo 17 – Cidade Universitária, Rua do Anfiteatro, 181 – Butantã | sábados das 15h às 18h

 

CORALUSP LAPA

lapa
Foto: Raquel Siphone

Baile Nostalgia

Neste ano o CORALUSP Lapa dá continuidade ao programa iniciado em 2019: Baile nostalgia. Com repertório de black music brasileira formado por canções de compositores e intérpretes dos anos 70 e 80 como Tim Maia, Jorge Ben Jor, Wilson Simonal, Genival Cassiano, Hyldon, Di Melo, Gerson King Combo, Sandra de Sá, Djavan, Gilberto Gil, entre outros.

Regente: Mauro Aulicino

Ensaios: Prefeitura Regional da Lapa, Rua Guaicurus nº 1000 – Lapa |  segundas-feiras: ensaio geral das 19h30 às 22h15 e quartas-feiras: ensaio de naipes (um ensaio de naipe por mês) das 20h às 22h. 

 

CORALUSP SESTINA

sestina
Foto: Júlia Montesanti

Rosa Mística

No programa “Rosa Mística”, o CORALUSP Sestina apresenta obras corais que revisitam contos, lendas e poemas de diferentes culturas e períodos, com destaque para temáticas relacionadas à natureza e a seus mistérios. Entre as peças a serem apresentadas no espetáculo incluem-se “Dirait-on” (Morten Lauridsen, sobre texto de Rainer Maria Rilke), “Mulungu fuloriô” (Antonio Vaz) e “Les Djinns” (Gabriel Fauré, sobre poema de Victor Hugo).

Regente: Márcia Hentschel

Ensaios:  IME USP – Cidade Universitária   | sextas das 19h às 22h

 

CORALUSP SUL FIATO

sulfiato

Trilha sonora

Em 2020 o CORALUSP Sul Fiato apresentará um programa composto por músicas de filmes e séries.

Regente: Paula Christina Monteiro

Ensaios: ICB IV – Cidade Universitária, Av. Prof. Lineu Prestes, 1730 – Butantã | quintas-feiras das 18h às 21h

 

CORALUSP TARDE 

tarde

Um Giro pelo Canto Coral 

Em 2020, o programa do CORALUSP Tarde será eclético, contemplando arranjos de música popular brasileira e estrangeira, peças da renascença e negro spiritual. O repertório será pensado e dirigido por Márcia Hentschel e pelos monitores envolvidos no trabalho.

Regente: Marcia Hentschel

Ensaios: Cidade Universitária – local a definir | segundas das 18h às 20h

 

CORALUSP TODO CANTO

todo-canto
Foto: Júlia Montesanti

Em 2020 o CORALUSP Todo Canto irá trabalhar dois programas. Além de dar continuidade ao “Intercâmbios”, apresentará também o Requiem de Fauré em sua íntegra. 

Intercâmbios

“Intercâmbios” é um programa de peças variadas de compositores que sofreram influência da música de outros compositores, países ou continentes, da música popular e do folclore desses países, e que também influenciaram outros compositores.

Requiem de Fauré

O Requiem de Fauré é uma obra marcante da música coral religiosa francesa. Ele será apresentado em sua íntegra, com acompanhamento de órgão ou piano a partir do segundo semestre. 

Regente: Paula Christina Monteiro

Ensaios: Anfiteatro Camargo Guarnieri – Cidade Universitária, Rua do Anfiteatro, 109 – Butantã | quartas-feiras das 18h00 às 21h00

 

CORALUSP XI DE AGOSTO 

xi
Foto: Júlia Montesanti

Mil tons de Elis

Em 2020 o CORALUSP XI de Agosto apresenta “Mil tons de Elis”, um repertório formado por canções do repertório de Milton Nascimento e de Elis Regina, tais como “Um girassol da cor do seu cabelo”, “Para Lennon e Mc Cartney”, “Nada será como antes”, “Saudade dos aviões da Panair”, “Romaria”, “Redescobrir”, “O que foi feito de Vera”, “Como nossos pais”, “Arrastão”, entre outras.

Regente: Eduardo Fernandes

Ensaios: Faculdade de Direito – Largo São Francisco, 95, 3º andar – Centro | quartas das 19h às 22h e sábado das 10h às 13h

 

CORALUSP ZIMANA

zimana

 Mapa da Música Coral

Nesse ano o CORALUSP Zimana dará continuidade ao programa Mapa da Música Coral, proposta de excursão musical que percorre diferentes países, épocas e estilos. O repertório passeia por vários períodos históricos, desde a Idade Média até os dias atuais, transitando ecleticamente pelas vertentes da música erudita e da música popular e folclórica. A linguagem musical é universal e mesmo aquelas peças cantadas em idiomas que nos são distantes e pouco conhecidos são capazes de transmitir múltiplas emoções a todos os ouvintes. Cada canção é um rico microcosmo e quando reunidas em um programa de concerto proporcionam uma prazerosa viagem sonora.

Regente: Alberto Cunha

Ensaios: Favo 17 – Cidade Universitária, Rua do Anfiteatro, 181 – Butantã | terças e quintas das 20h às 22h